Rio De Janeiro - Cidade Maravilhosa!

10/02/2013 17:58

O Rio de Janeiro é uma cidade de fama mundial. Cartão postal do país, a cidade destaca-se por sua exuberante beleza natural, formada pela perfeita harmonia entre o mar e a montanha. Junte-se a esta topografia monumentos históricos, variada oferta de meios de hospedagem, bares, restaurantes, o sol, a praia, o verde das encostas e chega-se à receita do que faz com que o carioca seja um povo alegre e hospitaleiro. Nele se identifica o estilo de viver, produzir, comportar-se, estar atento a todos os acontecimentos, lançar moda e expressões. Esse jeito de ser é resultado da vida ao ar livre que o Rio propicia, dando abertura para que o povo desta cidade absorva, com muita peculiaridade tudo e todos que aqui chegam.

O que seria da máquina fotográfica se não existissem cidades como o Rio de Janeiro? As praias começam na Baía de Guanabara e estendem-se às margens do Oceano Atlântico numa sequência de privilegiada beleza, alegria e descontração dos frequentadores. Cristo visto de cimaO Rio oferece uma infinidade de atrativos naturais, somados aos produzidos pelo homem, que podem ser admirados num simples passeio de carro ou ônibus turístico. Mas tudo deve ser visto de perto, entrando no mar, na mata, nos parques, nos prédios históricos, nos centros culturais, subindo até os mirantes, deixando-se arrebatar pelo som da música dos bares, das discotecas, das salas de espetáculos. O paladar também precisa de atenção e não faltam restaurantes, cantinas, lanchonetes, casas de chá para agradar ao mais exigente dos gourmets.

A cidade do Rio de Janeiro destaca-se como aglutinadora da cultura brasileira. Aqui é possível encontrar um grande número de artistas dos mais diferentes campos de atividade: escritores, cientistas, pesquisadores, artistas plásticos, músicos, arquitetos, urbanistas, botânicos, ambientalistas. É um centro de publicação dos mais importantes órgãos da imprensa política e literária. Com isso a cidade transformou-se num importante pólo da indústria de comunicação.

Os museus, teatros, bibliotecas e centros culturais, uma combinação de acervo com arquitetura, invadem as ruas do Rio com arte. O artesão tem espaços reservados no Rio para apresentar seus produtos em feiras ao ar livre ou em lojas, onde podem ser encontradas verdadeiras coleções de arte popular brasileira como peças em madeira, cerâmica, barro, palha, tecelagem manual, couro, peças indígenas e outros materiais procedentes de diversas regiões do país.
É fácil descobrir por que o carioca sempre se apresenta com um sorriso. Ele vive em uma cidade onde a beleza é a perfeita harmonia das montanhas com o mar e o céu. Por isso para viver, brincar, admirar, sentir, a cidade oferece tantas opções, que podem ser aproveitadas desde o amanhecer até o dia seguinte.
Conhecer a música, o teatro, a cultura e a história de um povo que vive na melodia do mar, na criação de novas modas e na alegria da natureza é a mais completa forma de lazer.
O Rio tem roteiros quase obrigatórios, mirantes com vistas deslumbrantes, mata onde a vida se manifesta ao redor e quilômetros de praias. Em muitos parques o lazer é gratuito para a prática do jogging, andar de bicicleta ou simplesmente caminhar.
Se o propósito é diversão uma boa opção são os parques temáticos, os clubes, as casas de jogos eletrônicos, os shoppings com toda infra-estrutura de lazer e compras, casas de shows, teatros e cinemas multiplex.
É no Rio de Janeiro que está o Estádio do Maracanã, o maior estádio de futebol do mundo, onde a emoção explode nos gritos de gol, nas bandeiras agitadas, no compasso das jogadas espetaculares dos atletas de times do Rio e do Brasil.
No entanto é nas manifestações populares que o Rio se destaca. O povo é o show de uma festa sem hora de acabar. O Carnaval e o Réveillon são, cada um a sua maneira, a tradução perfeita do espírito de seu povo. Um espírito que contagia a todos os cariocas e os que visitam a cidade, de onde quer que venham. De um lado foliões dançando horas seguidas em uma manifestação pura de alegria e liberdade. De outro luzes, fogos de artifício e confraternização para brindar com um espetáculo de beleza e união a chegada do ano novo. Pão de AçúcarO Carnaval, explosão geral da alegria carioca, a nossa maior festa popular, reúne emoções, criatividade, plasticidade, cores sons e muita fantasia. Na Passarela, o espetáculo é promovido pelas Escolas de Samba que passam embaladas por uma mistura rítmica contagiante, criada a partir de influências africanas. Nas ruas as bandas, os blocos, os bailes populares enchem o coração de empolgação e paixão, é o rito da alegria. São os foliões que brincam livremente, acompanhados por bandas de música e muito cerveja gelada. Nos clubes e casas de espetáculos, os bailes à fantasia levam homens, mulheres e grupos a lançar mão de sua criatividade para viver as mais insólitas figuras com originalidade ou suntuosas vestimentas recobertas de pedrarias e adornadas com muitas plumas.
O Réveillon é um espetáculo à parte, que emociona mais de dois milhões de pessoas reunidas nos quatro quilômetros de extensão de asfalto e areia, tendo como cenário a praia de Copacabana. As pessoas, quase todas vestidas de branco, vindas dos quatro cantos do mundo, numa mistura de magia e devoção, aguardam o show de fogos de artifício, espocando no céu ou caindo em cascatas das fachadas dos hotéis, que iluminam, por 30 minutos toda a praia. A confraternização, uma demonstração de paz e harmonia, não faz diferenças de classes sociais, raças ou credos. Todos celebram a chegado do novo ano, com a certeza de que o importante é sentir e viver esse momento único.